.
 
 
Pastor Alemão Pastor Alemão
Filhotes de Pastor Alemão Filhotes
Programa de Criação de Pastor Alemão Programa de Criação
Matrizes Pastor Alemão Matrizes
Reprodutores Pastor Alemão Reprodutores
Matrizes Pastor Alemão Trote Flutuante
Material Técnico
Links
Últimas Atualizações
Mapa do Site
Fale Conosco
Página Inicial

 
 Pastor Alemão - Escolha Clássica

"Especial Escolha Clássica Pastor Alemão"

Ele é o representante deste grupo que mais reúne características de grande destaque na atuação da guarda. Consagrado pelo uso policial, a fama de guardião competente é conhecida pelo mundo afora. A mera presença de um Pastor Alemão funciona como importante fator preventivo quanto à ação de criminosos. E ignorar a existência desse cão no local é pra lá de improvável. Ele faz questão de ser notado. É do tipo que vai periodicamente até o portão para olhar o movimento da rua. Mesmo quando não pode ser visto do lado de fora, o Pastor não passa despercebido. Ele late com relativa freqüência. O bom, garantem especialistas em segurança, é que a maioria dos bandidos desiste de agir só de saber que há um cão supostamente bravo no local. A contrapartida da característica de latir em diversas ocasiões é prejudicar a distinção de latidos que alardeiam trivialidades dos que anunciam ameaças reais.

Seja como for, o Pastor não costuma decepcionar caso precise defender seu território. É fato que exemplares não treinados não tem ímpeto de ataque tão pronunciado quanto o de certas raças, mas, mesmo assim, merecem qualificação de alto destaque nesse quesito.

Já a facilidade com que o Pastor é adestrado para guarda e obediência não é superada por nenhum guardião. Junte-se a isso uma maleabilidade nem sempre típica de raças de guarda: e de aceitar pacificamente a presença de desconhecidos bem recebidos pelos donos. O Pastor é a mais clássica alternativa para quem quer um cão que combine eficácia indiscutível na guarda e possibilidade mais que promissora para receber visitas sem ter que prender o cachorro. E isso não vale apenas para exemplares adestrados, que podem ser especialmente condicionados a admitir o convívio com gente desconhecida, como também para aqueles sem treino profissional.

O Pastor igualmente sobressai por aceitar que todos os moradores da casa se relacionem com ele sem maiores cerimônias. A tendência é que nenhum dos familiares receba olhares atravessados muito menos rosnados por mexer na comida do cão ou retirar objetos da boca dele. Com as crianças da casa, caracteriza-se pela tolerância das melhores babás caninas. Mas sua vontade de participar das brincadeiras tem limite. "O Pastor adulto tem entusiasmo para se divertir com as crianças, o que não significa que brinque sem parar; chega uma hora em que ele prefere dar uma volta ou procurar a companhia dos adultos", comenta o criador Celso Cozza.

Esse cão também não é de desafiar as ordens do dono; fica bem quando sozinho por certos períodos do dia; aprende rapidamente a se comportar em ambientes internos e, uma vez adulto, não tende a ser destruidor. Para donos esportistas, está entre os melhores parceiros do reino canino. E, se a idéia é escolher o guardião mais apto deste time a conviver com gatos, aves e outros animais, eis o seu achado. O Pastor , além de merecer nota máxima no que se refere a viver em harmonia com os animais a ele apresentados quando filhote, é o mais promissor quanto a aceitar bichanos e afins introduzidos tardiamente. " Com certas raças, isso seria impossível; com o Pastor, há boa chance de adaptação" diz o criador Gerson Krespky.

Perfil racial:

Grande destaque (nota de 8 a 10)

  • Ser tolerante com as crianças da casa
  • Permitir intimidades do dono principal
  • Permitir intimidades de todos os familiares
  • Seguir as regras até na ausência dos familiares
  • Acatar de imediato as ordens do dono principal
  • Aceitar visitas dos donos
  • Ficar bem quando sozinho
  • Ter perfil atléticoSer companheiro em tempo integral
  • Comportar-se bem em ambientes internos
  • Não ser destruidor quando adulto
  • Conviver bem com gatos e aves apresentados quando filhote
  • Ter audição apurada
  • Ser facilmente adestrado para guarda
  • Ter sono leve
  • Ser facilmente treinado para obediência
  • Posicionar-se de forma estratégica
  • Latir com freqüência
  • Mostrar-se aos passantes
  • Ter fama de mau
  • Ter forte instinto de ataque

Também vale destacar (nota de 7 a 5)

  • Agüentar a pique das crianças
  • Aceitar de imediato ordens de todos os familiares
  • Conviver bem com gatos e aves apresentados quando adulto
  • Ter ataque de alto impacto
  • Ter porte intimidador
  • Ter latido grave
  • Apresentar performance assustadora
Não é destaque (nota de 4 a 1)
  • Ser adequado a vida em apartamento
  • Latir apenas para ameaças reais
  • Ter cara de bravo

Essa foi a reportagem da edição 356 de Janeiro de 2009 da revista Cães & Cia, que comparava as 5 principais raças de cães com aptidão para guarda mais difundidas no Brasil.